30 de maio de 2010

Em 6 anos, 8,2 mil partos domiciliares realizados

Para quem nasceu e cresceu nas grandes cidades pode até soar estranho o fato de uma mulher grávida decidir ter o filho em casa, ao lado dos familiares. Porém, apesar dos avanços da medicina e da ampliação do sistema de saúde, as famosas parteiras continuam resistindo ao tempo e se tornando agora parceiras da rede hospitalar. No Pará, estima-se que, em média, 8,2 mil partos domiciliares foram realizados anualmente entre 2002 e 2008.

A avaliação do trabalho de incentivo às parteiras desenvolvido pelos municípios do Estado, assim como a criação de um plano de ação para melhorar o programa no Pará, será discutido durante o “Encontro Estadual de Parteiras Tradicionais: Inclusão e melhoria da qualidade da assistência ao parto e nascimento domiciliar no Sistema Único de Saúde”, que será aberto hoje no Hotel Beira Rio.

O evento é promovido pelo Ministério da Saúde e contará com a presença de médicos, enfermeiros, técnicos, agentes e, principalmente, de parteiras de 20 municípios paraenses que tenham um trabalho ativo relacionado ao parto domiciliar.

Maria da Graça Vieira, coordenadora estadual da Saúde da Mulher, da Secretaria de Estado de Saúde, diz que esse tipo de parto é realizado com maior intensidade nas áreas rurais, onde o acesso é mais difícil. Segundo ela, a Sespa realiza trabalhos de capacitação com parteiras, para qualificar o serviço. No ano passado, aproximadamente 200 parteiras foram qualificadas.

Fonte: http://www.diariodopara.com.br/N-84684-EM+6+ANOS-+8-2+MIL+PARTOS+DOMICILIARES+REALIZADOS.html

4 comentários:

Maíra Fernandes Bittencourt disse...

Que maravilha de notícia!

Mulher e Mãe disse...

Olá,
Adorei o tema do blog!
Sou agente da Rede Mulher e Mãe. Nós também estamos com um blog bem interessante também, garanto que vai gostar.
www.redemulheremae.blogspot.com
Abraço e boas vibrações.
Carolina Cruz

Coisas de mãe coruja disse...

Primeiramente gostaria de parabenizá-la pelo blog, é uma delícia de visitar. Tenho um blog sobre maternidade (dicas, entrevistas e minha experiência como mãe), recentemente tive uma vontade imensa de ampliar meus horizontes e Gostaria de pedir um favorzão...segue meu blog, rsrs.Estou fechando umas parcerias para fazer sorteios de coisas para mães e bebês mas ainda não tinha nenhum controle do n° de visitantes nem seguidores então precisei colocar, e isso influenciará nas marcas e brindes...qnto mais gente mais coisas bacanas...

desculpe importuná-la mas adoraria ver cada vez mais mamães se unindo na blogosfera.

bjinhus

Mariana disse...

Eu acho que o dia em que tenha filhos vou optar por um parto domiciliário.
Nada mais confortável que a minha casa e com cuidados profissionais, tudo da certo.
Até poderia pedir delivery em itaim para toda a família que assista.