1 de abril de 2003

Abril de 2003 - Curso de Manejo e Aleitamento Materno na Santa Casa.

Fui convidada para participar do curso de Manejo e Aleitamento Materno que a Santa Casa promove aos funcionários com o intuito de conseguir o título de Hospital Amigo da Criança.

Manejo e Promoção do Aleitamento Materno.Santa Casa de Misericórdia de Maringá

Ivone da Silva Vechiatto – Enfermeira
Objetivos do curso:- incentivar a prática da amamentação
- promover a saúde materna
- diminuir o desmame precoce
- divulgar o serviço na prática do aleitamento materno no hospital
- garantir o direito à amamentação
- treinar a equipe de saúde
- conseguir o título de Hospital Amigo da Criança

Título de Hospital Amigo da CriançaDefinido em 1990 entre a OMS e a UNICEF

Promover, proteger e apoiar o aleitamento materno, através da mobilização de funcionários de estabelecimentos de saúde, para que mudem condutas e rotinas responsáveis pelos elevados índices de desmame precoce.

A instituição deve atender a 5 requisitos prévios:
1 . Não estar respondendo a sindicância do Sistema de Saúde - SUS, nem ter sido condenado judicialmente, nos últimos 2 anos, em processo relativo a assistência prestada ao binômio mãe-filho.
2 . Dispor de responsável habilitado para a assistência à mulher e à criança na maternidade e sala de parto.
3 . Possuir comissão de estudo de morbimortalidade materna e neonatal implantada e atuante, que forneça, anualmente, ao setor competente da Secretaria Municipal de Saúde - SMS - e ou da Secretaria Estadual de Saúde - SES - as informações epidemiológicas e as iniciativas adotadas para a melhoria da assistência.
4 . Apresentar taxa de cesárea conforme o estabelecido pela SES, tendo como referência as regulamentações procedidas pelo MS.
5 . Apresentar tempo de permanência hospitalar mínima de 24 horas para parto normal e 48 horas para parto cesárea.

Além disso é necessário que o hospital:
- treine a equipe, ampliando a rede de agentes multiplicadores
- implante os 10 passos para mudar o perfil da instituição
- se empenhe em ações de incentivo ao aleitamento

10 passos para promover o aleitamento materno.
1 – Ter uma norma escrita sobre aleitamento materno, que deve ser rotineiramente transmitida à toda a equipe
2 – Treinar toda a equipe
3 – Informar todas as gestantes sobre as vantagens e o manejo do aleitamento
4 – Ajudar a mãe a iniciar a amamentação na primeira meia hora após o parto
5 – Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação, se vierem a ser separadas de seus filhos
6 – Não dar nenhum outro alimento ou bebida além do leite materno, a não ser se indicado pelo médico
7 – Alojamento conjunto, permitir que mães e filhos permaneçam juntos 24h por dia
8 – Encorajar o aleitamento sob livre demanda
9 – Não dar bicos artificiais ou chupetas à crianças amamentadas ao seio
10 – Encorajar grupos de apoio à amamentação, para onde as mães serão encaminhadas, logo depois da alta

Amélia Favoretto – Assistente social
História de vida.Colocações dos alunos à respeito do aleitamento materno, o que sabem e o que já ouviram outras pessoas falando, independente de ser verdade.
Pontos positivos e Negativos.

Dr. Weber Alexandre S. Moraes – ginecologista obstétra
Anatomia e fisiologia da mama
Desenvolvimento das mamas
Controle endócrino da função glandular da mama

Érica Iume - nutricionista
Composição nutricional do leite materno
Fases do leite
Como é o leite durante a mamada

Ivone da Silva Vechiatto - Enfermeira
Vantagens do aleitamento materno e desvantagem do leite artificial

Marcos Andrade - Enfermeiro
Mitos e as complicações ao aleitamento materno

Aureane Villacorta – Terapeuta ocupacional
Amamentação e vínculo afetivo

Dra. Vera Beltran - Pediatra
Fisiologia da sucção e complicações da não amamentação

Míriam Góes - Enfermeira
Doenças infecto contagiosas e uso de medicamentos X amamentação

Amélia Favoretto – Assistente social
Direitos da mulher

Mirian Góes – Enfermeira
Aconselhamento em amamentação
Técnicas de amamentação

Nenhum comentário: